Emoções

Tempo de Leitura: 03 minutos


As emoções são estados internos que envolvem pensamentos, sensações, reações fisiológicas e comportamentos específicos, que são difíceis de controlar e surgem subitamente.

Existem algumas emoções que são comuns a todas as pessoas, independente da cultura, local ou época em que vivam: alegria, raiva, desagrado/nojo, medo, surpresa e tristeza. Alguns estudiosos também mencionam o interesse, vergonha, desprezo e culpa como sendo universais.

Elas surgem a partir dos nossos pensamentos. Dependem de como interpretamos as situações da nossa vida, assim como as pessoas, o mundo e a nós mesmos.

Gosto de pensar nelas como um sintoma e usar isso para entender os pensamentos por detrás de cada emoção. Porque dependendo de como estamos nos sentimos, conseguimos mais facilmente identificar o que estamos pensando. Isso nos ajudar a controlar o nosso estado emocional e nossas atitudes.

Por exemplo…

Suponhamos que você esteja na casa de algum conhecido, mas começa a não se sentir bem. Pensando sobre como está se sentindo consegue identificar que está com raiva de alguém que também está lá com você.

Quando tenta entender sobre o que despertou esta raiva, identifica que foi o fato, de aparentemente, esta pessoa ter te ignorado. Você chegou e ela não foi falar com você, como todos os outros fizeram.

Então você começa a sentir um misto de raiva e tristeza, o que faz com que você se sinta mal, mesmo estando em um ambiente muito agradável.

Você então decide ir falar com ela para perguntar por que não foi te cumprimentar. E ela te explica que estava no banheiro quando você chegou e não tinha te visto até o momento, já que o local está cheio.

A partir do momento em que você entende o que aconteceu, já não sente mais raiva e nem tristeza, e quem sabe até fique conversando com esta pessoa o restante da noite.

Muito provavelmente a sua emoção já não será mais de raiva e nem tristeza, mas sim de alegria.

O que também acontece neste processo é a aprendizagem. No exemplo que damos, na próxima vez que alguém não te cumprimentar talvez você pense: “será que ele me viu? Talvez tenha acontecido o mesmo que daquela outra vez…” E já não se sinta enraivecido ou triste.

Por isso é fundamental entendermos as nossas emoções para saber identificar de onde elas vêem e assim aprendermos a lidar com elas.

Se controle!

O que acontece muitas vezes é que reagimos às emoções e quase sempre não sabemos o porquê.

Choramos, rimos, nos afastamos de algo ou alguém, gritamos, cantamos, nos escondemos e não entendemos o que nos afeta, o que mexe com as nossas emoções.

Saber o que te afeta é fundamental para você controlar seus atos, seus pensamentos… o que se reflete diretamente nos seus relacionamentos, trabalho, saúde física, emocional e psicológica, e em todas as demais áreas da sua vida.

Então reflita sobre o que você tem pensado. Quais são os pensamentos que passam na sua cabeça sobre certas situações, pessoas e circunstâncias em que suas emoções se alteram. Isso é fundamental.

Você está passando por alguma situação em que suas emoções estão te prejudicando?
Vamos conversar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *