Mágoas no Casamento

Tempo de Leitura: 2 minutos

Você já se sentiu ferido pelo seu cônjuge ou por alguma situação específica no seu casamento? Há mágoas no casamento?

Vamos falar um pouquinho sobre isso hoje?

A mágoa é um sentimento incômodo, que pode ser raiva, tristeza, pesar ou algo do gênero, em relação a alguma coisa que aconteceu, ou a alguém.

Então precisamos entender que se magoar é normal, mas não podemos alimentar esses sentimentos, porque as mágoas não resolvidas no casamento, adoecem a relação.

E para ter um bom relacionamento com o seu cônjuge é fundamental entender que TODOS OS SERES HUMANOS ERRAM. E muitas vezes nos esquecemos disso, não é?

Pensamos que as pessoas são perfeitas, mas não são. Precisamos desenvolver tolerância e perdão. Precisamos ver o outro com mais empatia e paciência.

Claro que não estamos falando de qualquer tipo de violência (sexual, moral, psicológica, ou física), e repetidas traições. Mas muitas vezes lidamos com coisas do dia a dia como se realmente fossem muito graves. Isso traz um desgaste pro casamento.

Quando estamos magoados, geralmente responsabilizamos o outro pelo que estamos sentindo. Mas muitas vezes não entendemos o que exatamente temos sentido.

Avalie o que você sente

Dê nome ao seu sentimento, entenda porque você ficou magóado (a). Sem esses passos é impossível entender o que aconteceu e, juntos, tentarem resolver esse problema.

Pra isso, você precisa fazer o movimento interno, de olhar pra si mesmo (a) e não pra atitude do outro.

Talvez seja desagradável fazer essa introspecção, porque, em alguns momentos temos certas responsabilidades pelo que estamos sentindo. E é muito mais fácil jogar todo o fardo pro outro, do que admitir onde temos que mudar.

Mas sem esse movimento, quem sofre é a sua relação. Seja honesto (a) consigo mesmo. Isso vai trazer mais maturidade pra você e pro seu casamento.

Comunique-se!

Vimos no artigo Comunicação no casamento, o quanto é importante a comunicação.

Se você está magoado (a) seu cônjuge precisa saber o que aconteceu pra poder te ajudar a lidar com o que está sentindo e ver o que precisa ser alterado.

Diga, de forma clara, o que tem sentido. Reconheça onde você errou e diga o que gostaria que ele (a) fizesse de diferente pra que não acontecesse mais essa situação.

Juntos, vocês podem construir um casamento muito mais forte.

Você já viu o vídeo que fizemos no Youtube, especialmente pra falarmos sobre mágoas no casamento? Dá uma olhadinha!

E se tiver com alguma dificuldade no casamento que não esteja conseguindo resolver, entre em contato comigo.

Vamos conversar?

Comunicação no Casamento

Tempo de Leitura: 2 minutos


A comunicação no casamento é fundamental para uma relação saudável e duradoura.

Falar o que se quer, sente e pensa é muito importante. Mas não deve ser feito de qualquer forma.

Muitas vezes pensamos que ser honestos e sinceros é dizer o que queremos de qualquer forma para qualquer um. Isso pode até trazer um alívio individual, mas não ajuda a manter o casamento saudável.

A melhor comunicação é aquela em que o outro entende realmente o que se quis dizer. A intenção de quem transmite a informação não deve ser para machucar e sim para resolver situações ou compartilhar ideias e sentimentos. E o objetivo principal é manter a relação saudável.

Falar ofendendo, agredindo, gritando e usando um tom de voz agressivo não ajuda o casamento, mas o destrói, mesmo que você esteja sendo sincero.

Como se comunicar bem:

  • Pense antes de falar
  • Escolha o melhor momento para ideias e sentimentos importantes
  • Pense se o que você quer dizer realmente precisa ser dito
  • Escolha as palavras com atenção para que elas expressem exatamente o que você quer dizer
  • Verifique se o seu cônjuge está entendendo o que você está dizendo
  • Não use palavras, tom de voz e ideias agressivas, que diminua o seu cônjuge.
  • Não queira ferir ou retribuir algo ruim que aconteceu
  • Tenha sempre o objetivo de resolver problemas ou esclarecer situações
  • Olhe nos olhos quando estiver falando ou ouvindo
  • Escolha comunicar sentimentos mais positivos do que negativos, mais elogios do que críticas, mais incentivos do que desencorajamentos…

Se comunicar bem, às vezes pode exigir treino, e isso não é um problema. Pratique estes pontos cada vez que forem conversar. Conforme forem treinando as coisas vão ficando mais fáceis.

Tente não ter conversas importantes quando estiver muito emocionado, com muita raiva, magoado, eufórico… isso pode atrapalhar.

Se tiver muita dificuldade em dizer o que pensa ou sente, você pode treinar com alguém ou na frente de um espelho, e até gravar em um celular e ver como se saiu. Pode parecer simples, mas é uma ótima forma de começar a expôr suas ideias.

Lembre-se que expôr o que você sente faz bem para a relação e é um direito seu.

Comunicar-se também envolve ouvir. Quando o seu cônjuge for falar algo tente se colocar no lugar dele, ouvir com respeito, esperar ele terminar, olhar nos olhos, não interromper, e também escolher bem as palavras se for responder, e também aplique todas as dicas acima.

Dificuldades para se comunicar bem com o seu cônjuge? Precisando de ajuda para melhorar o seu relacionamento? Vamos conversar?

Caiu? Levanta!!!

Tempo de Leitura: 06 minutos


Você tá frustrado, cansado e achando que nada na sua vida dá certo? Parece que é um fracasso atrás do outro? Ou tem dificuldade em lidar com as coisas quando elas não saem do jeito que você imaginou?

A psicóloga americana Joyce Brothers, disse o seguinte:  “Todos os interessados no sucesso têm de aprender que a derrota é saudável e uma parte inevitável do caminho ao topo.”

Sonhos

O ser humano é movido por sonhos. Desejos instalados no fundo do seu coração. E é exatamente isso que faz com que nos levantemos de manhã todo dia com o propósito de alcançar esse ideal.

Quem tem dificuldade em ter para si mesmo, muito claro, seus sonhos, talvez tenha mais problemas em se motivar.

E ter sonhos é saudável, muito saudável por sinal. Nós precisamos de objetivos, metas que darão sentido à nossa existência.

No entanto, é importante perceber que para se chegar a um lugar, existe um caminho a se percorrer.

O Caminho até a realização

Alguns sonhos são um pouco mais difíceis de se realizar, e infelizmente, alguns não serão alcançados durante a nossa vida, e quem sabe, outros abandonados nessa caminhada.

No entanto, como saber se o seu sonho, esse aí mesmo que você pensou agora, vai se realizar, se está faltando motivação no caminho, pois a frustração tem te atrapalhado?

Veja, se você já desistiu do seu desejo, ele já se perdeu, mas se você continua tentando, ainda há esperanças, e isso é extremamente positivo.

Porém, no caminho até o local que você quer chegar existem alguns buracos, pedras, espinhos, e que talvez te façam pensar em desistir.

Obstáculos

A vida oscila entre felicidade e tristeza, facilidade e dificuldade, e quando falamos dos nossos desejos, isso não é diferente.

Manter o foco é extremamente fundamental.

O que muitas vezes atrapalha no foco, é o imediatismo.

Olhamos para o aqui e agora e vemos que as coisas não estão como gostaríamos, e oscilamos. “Será que vale a pena continuar lutando?”.

Mas as realizações não são feitas de um passo só. Elas são construídas dia após dia.

Planejamento Estratégico

1. Coloque no papel “o que” você quer realizar. É importante que seja no papel, não pode ser só na sua mente. O nosso cérebro precisa de coisas mais concretas do que pensamentos para materializar e entender como algo mais palpável. Coloque no papel!

Vamos usar um exemplo: “comprar um carro”.

1

2. Além de colocar “o que” você quer, anote também “como”. Exemplo: “comprar o carro com uma entrada de 20 mil e financiar o restante”. Nessa etapa também entram os passos que você dará para conseguir, ex.: “arrumar um emprego de Uber para os finais de semana”, “economizar aos finais de semana”, “reduzir gastos dispensáveis como: pizzas, compras eventuais de eletrônicos e jogos”, e por aí vai. A ideia nesse ponto é colocar o seu passo a passo. E tente ser o mais específico possível. Mesmo para os preparativos para chegar a esses passos, é importante colocar “como”“vou alugar um carro para trabalhar aos finais de semana como Uber”.

2

3. A próxima etapa é estipular o “quando”, que  seria: “em 30 meses a partir da do dia 07 de agosto de 2018”, ou ainda “no dia 07 de agosto de 2022”, etc. Além de colocar quando você vai atingir seu sonho, também é importante colocar quando você vai começar os passos, até quando eles vão durar e quando vão acontecer, por exemplo: “arrumar um emprego de Uber no final de semana, a partir do dia 25 de agosto de 2018, que durará até a compra do carro”, ou então “trabalhar em Buffet infantil em todos os finais de semana, começando dia 25 de agosto, até dia 15 de dezembro de 2018”.

3

É importante ter um “como” e “quando” específicos porque isso vai te ajudar a traçar e visualizar melhor a sua estratégia, e concretizar seus prazos. Sem prazos você pode postergar, e entender como algo que “se der eu faço“. A ideia aqui é firmar um compromisso com você e o seu sonho.

5. Tenha sempre seu planejamento a mão e diante de você, como na sua agenda, na tela do seu celular, ou notebook, etc. Isso te faz lembrar do porquê você está lutando e quais os passos que deve dar em direção ao seu sonho. Esse planejamento também pode ser alterado durante o caminho. Vá refazendo os passos de colocar “o que”, “como” e “quando”.

6. Coloque imagens, sons, vídeos, e outros recursos sensoriais para te lembrar do seu sonho. Isso pode estimular a sua memória e reativar sua energia, quando estiver se sentindo um pouco cansado. E imagine como você estará quando tiver conseguido o que tanto deseja. 4

7. Palavras de afirmação e motivação também são importantes. Então capriche em relembrar por que esse sonho é tão importante para você. Também escreva frases, quando você estiver se sentindo bem empolgado, para os dias em que não estiver tão animado.

5


Mas Carla, isso tudo dá trabalho demais.

Mas seu sonho não vale a pena? Aqui estamos falando de um carro, o que para alguns pode não significar muita coisa, mas os seus sonhos têm valor para você. Quanto ele vale?

Mas falhar em algum ponto me destrói

Para algumas pessoas, mesmo que vejam o todo, não conseguem perceber que estão caminhando. Isso pode ser sintomas de algum transtorno ou algo que precise de uma atenção psicológica.

Falhar em algum momento é natural. Todos erram, e nada se constrói somente com sucesso. As quedas fazem parte do caminho.

Mas se pra você isso é intolerável e te causa sofrimento, assim como quem está a seu redor, busque essa ajuda. É difícil sair desse ciclo sozinho.

Eu estou à sua disposição. Vamos conversar?