É possível ser quem você quiser.

Tempo de Leitura: 03 minutos


No artigo anterior conversamos sobre os sonhos que queremos muito alcançar, mas que talvez tenhamos que abrir mão por algum tempo.

Hoje vamos falar sobre quem queremos ser, mas ainda não alcançamos.

Mary Ann Evans

Mary Ann Evans disse: “Nunca é tarde demais para ser aquilo que você sempre desejou ser”.

Mary Ann teve que usar um nome masculino fictício, para publicar suas obras literárias. Na época em que viveu (1819), as mulheres não eram levadas a sério. E ela viu-se obrigada a escrever como George Eliot.

Para alguém que teve que negar até seu próprio nome para se tornar “aquilo que sempre desejou ser” essa ideia é realmente muito importante.

Interferências no caminho

Infelizmente, muitos de nós crescemos ouvindo coisas extremamente prejudicais para a construção da identidade. Como, por exemplo: “você é burro”, “você nunca vai conseguir chegar a lugar nenhum”, “todo mundo consegue menos você”, “você não faz nada direito”, “por que você não pode ser igual ao ‘fulano’ ?“, etc.

Essas afirmações a nosso respeito nos ajudam a construir a nossa autoimagem, assim como quaisquer outras afirmações sobre nós. No entanto, essas depreciações feitas podem minar a nossa autoconfiança, no decorrer do tempo.

Já viu aquele aluno que é super inteligente, mas não se percebe assim? Ou aquela pessoa que é muito legal, mas se acha super chata? Ou ainda, um baita profissional que pensa não fazer nada direito?

Vivências que nos apontam nossas incapacidades tendem a fazer com que sintamos  que não somos capazes de grandes coisas.

Silencie essas vozes

No entanto, você é muito mais do que te disseram de negativo.

Todo ser humano é composto de qualidades e defeitos. Talvez, durante a sua vida, os defeitos tenham sido exaltados, mas isso não significa que não existam qualidades.

É muito importante você se apropriar disso para ir atrás de quem sempre sonhou ser. O que vai te fortalecer é ter em mente os seus pontos fortes.

Faça uma lista com as suas potencialidades. Se tiver problemas com isso, peça para um amigo te ajudar. Esse recurso pode te auxiliar a lembrar que você pode continuar avançando.

Quem você quer ser?

Tenha em mente quem você deseja ser.

Seja profissional, pessoal, espiritual e até socialmente.

Escolha as características que você quer desenvolver. Pesquise sobre elas. Converse com pessoas que já as possuem. Faça cursos, treinamentos. Se aprofunde nisso.

Você consegue se aprimorar e nunca é tarde para ser quem você quiser, mesmo que isso leve algum tempo.


No entanto, em alguns casos, essas vozes nos marcam tão profundamente que é difícil silenciá-las. Parecem uma sentença da qual não conseguiremos escapar.

Se for o caso, talvez seja interessante você buscar ajudar profissional. Um psicólogo pode te ajudar a ver além do que foi apontado pra você e a ouvir além do que te foi dito.

Eu estou à sua disposição. Vamos conversar?

4 respostas para “É possível ser quem você quiser.”

    1. Oi Adriana, seja sempre muito bem vinda ao site.

      Sim, infelizmente a preocupação com o outro está cada vez mais difícil de se encontrar, mas ainda é possível vermos pessoas preocupadas umas com as outras.

      De qualquer forma, espero que este artigo tenha sido útil a você.

      Continue lendo e participando.

      Um Super Beijo e Um Super Abraço!!!
      😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *